sexta-feira, 17 de setembro de 2010


NOTA DE FALECIMENTO



Faleceu, na Igreja dos negligentes e frios na fé, dona "Reunião de Oração", que já estava enferma desde os primeiros séculos da era cristã.
Foi proprietária de grandes avivamentos bíblicos e de grande poder e influência no passado.
Os médicos constataram que sua doença foi motivada pela "frieza de coração", devido a falta de circulação do "sangue da fé". Constataram ainda: "dureza de joelhos" - não dobravam mais - "fraqueza de ânimo" e muita falta de boa vontade.
Foi medicada, mas erroneamente, pois lhe deram grande dose de "administração de empresa", mudando-lhe o regime; o xarope de reuniões sociais" sufocou-a; deram-lhe "injeções de competições esportivas", o que provocou má circulação nas amizades, trazendo ainda os males da carne: rivalidades, ciúmes, principalmente entre os jovens.
Administraram-lhe muitos "acampamentos", e comprimidos de "clube de campo".
Até cápsulas de "gincana" lhe deram pra tomar!
RESULTADO: Morreu Dona "Reunião de Oração"!
A autópsia revelou: falta de alimentação, como "pão da vida", carência de "água viva", e ausência de vida espiritual.
Em sua memória, a Igreja dos negligentes, situada na Rua do Mundanismo, número 666, estará fechada nos cultos de 3as e 5as Feiras; aos domingos, haverá Culto ou escola dominical, só pela manhã, assim mesmo quando não houver dias feriados, emendando o lazer de Sexta a Segunda e vigília nem pensar.
Agora, uma pergunta:
SERÁ QUE O LEITOR NÃO AJUDOU A MATAR A DONA "REUNIÃO DE ORAÇÃO"?
Fonte: email recebido do Pr. Enéas Alexandrino
Soli Deo Gloria
Pr. Luiz Fernando R. de Souza

2 comentários:

  1. Não só a dona Reunião de oração, mas esta falecendo muitas outras coisas como: Santidade, fé, amor ao próximo, dons e por aí vai.

    Paz seja contigo!

    ResponderExcluir
  2. Pr Sérgio,

    Precisamos republicar as queixas da "ex-esposa" da Dilma, caso contrário, muitas outras coisas vão morrer no âmbito evangélico.
    Corre lá no blog da Rô.
    Estamos sindicando para ver se não é fofoca.
    Tudo indica que não, inclusive a própria postura agressiva e máscula da candidata.
    O conservo

    ResponderExcluir