terça-feira, 5 de janeiro de 2010

CADÊ A PORCARIA DO CACIQUE?!?
CRÔNICA DE:  Sérgio Aparecido Dias
(...e de quem mais poderia ser?)



Mas vejam  só! O governador do Rio de Janeiro contratou os “serviços” de uma macumbeira, com objetivo de saber com antecedência a respeito de temporais e, até mesmo, evitá-los!!!  Essa “vidente” diz incorporar o espírito de um índio chamado “Caboclo Cobra Coral”, ou “CACIQUE COBRA CORAL”, que tem a grande capacidade de controlar o tempo!!! O seu nome (o da vidente) é Adelaide Scritori. É uma profissional da esperteza e está a fim de faturar em cima da crendice estúpida de quem acredita em saci pererê, mula sem cabeça, caipora, curupira, papai noel e essas coisas todas do folclore popular.  Essa Adelaide Scroto, digo, Scritori, ganhando uma nota do dinheiro dos impostos, para fazer PORCARIA NENHUMA!  Do mesmo modo, aliás, da maioria de nossos políticos!!! Ela afirma que o índio morto que “incorpora" é capaz, não só de prever o tempo, bem como controlá-lo, evitando tempestades, enchentes e toda sorte de temporais!
Isso só cabe em mentes de IDIOTAS E IMBECÍS, pessoas completamente TROUXAS e ESTÚPIDAS!!! E pensar que fomos nós que elegemos essas ANTAS (que as verdadeiras antas me perdoem essa comparação injusta!)!!! E NOSSOS POLÍTICOS "EVANGÉLICOS" AINDA FAZEM CONCHAVOS E "ALIANÇAS" COM ESSA CAMBADA DE IDIOTAS!!! Porque não protestam contra isso? Porque não se manifestam claramente das tribunas contra esse descalabro, esse esbulho, esse assalto aos cofres públicos? E não adiante vir com aquela conversa mole de que a Adelaide não cobra por seus serviços, porque  a entidade (desta vez, “entidade” significa organização) CACIQUE COBRA CORAL  é reconhecida como de “utilidade pública” e, portanto, pode receber verbas públicas para o seu sustento e o seu desempenho!
Nesse caso, porque os políticos não sugerem o corte de todos os departamentos de previsão do tempo e ficam apenas com esse cacique falecido, que se manifesta através de uma mulher (ai,ai,ai, ui,ui,uiiii!!!)?!? Isso até que seria bom, com o enxugamento da tal “máquina administrativa”, que parece que só gosta de funcionar “molhadinha”! Francamente, quando a gente pensa que seria impossível ser mais jumento que o próprio, eis que os políticos brasileiros se encarregam de demonstrar a extensão inimaginável de sua imbecilidade e degeneração intelectual! Pobre nação brasileira, obrigada a custear as promiscuidades e sem-vergonhices da parada gay, pagar camisinhas para os jovens acabarem com qualquer possível virgindade que ainda exista, ver a lenta agonia dos ludibriados pelos precatórios de um governo caloteiro e, como se não bastasse, servir de chacota internacional, sustentando uma cambada de aproveitadores da imbecilidade e leseira humana!´
            E agora, pergunto eu: o que essa porcaria de “cacique”, ou “caboclo”, ou o raio que o parta vai fazer, em face das tragédias ocorridas no Estado do Rio nesses últimos dias? Onde está a Adelaide, para “explicar” o fiasco da droga do seu índio falecido, que não conseguiu prever a tempo essas calamidades e não pode evitar todas as tragédias, com a perda de dezenas de vidas humanas? E o mais tragicômico dessa desgraça, é que o governador do Rio invocou o tal “cacique”, “caboclo”, ou seja lá o diabo que for, um pouco antes do final do ano, para que ele permitisse um bom tempo, a fim de que todos pudessem comemorar a entrada do ano novo em paz! Como se a tal “entidade” fosse o próprio Deus, esse sim, criador do céu e da terra e de todo o universo, mantenedor e controlador de tudo, inclusive do tempo, do clima, das intempéries, da nossa vida e também da nossa morte!
            O resultado aí está: alagações, enchentes, desmoronamentos, avalanches, destruições, prejuízos e o pior: a perda de dezenas de vidas humanas! É no que dá confiar em cobras! Adão e Eva também confiaram numa e se deram mal! A Bíblia nos diz que o diabo, satanás, é “a antiga serpente” (Apocalipse 20:1 e 2). Taí a resposta a todas as perguntas e aos “porquês” de todas essas desgraças que se abateram sobre o Estado do Rio. Pobre Rio, pobre “cidade maravilhosa”! Não és mais o lugar onde outrora desfilava a “Garota de Ipanema”! Não és mais a terra das mais belas mulatas, que tanto cativaram e fizeram babar os europeus e os americanos! Não mostras mais as belezas de Piná, que fez o príncipe Charles ficar de queixo caído! Agora, desgraçadamente, foste “coroada” Destino Gay Internacional.  Já não são lindas mulheres a desfilar por tuas praias, mas foste transformada em passarela da parada gay! Triste e miserável destino do Rio de Janeiro, cujo mar não é dedicado ao Deus criador, mas a Iemanjá. Por isso, já que desprezam Deus, Ele os entrega a toda sorte de depravações, imundícies e desgraças.  Não querem Jesus, o “Leão da Tribo de Judá” (Apocalipse 5:5), então fiquem com a serpente, que na verdade é dragão (Apocalipse 12:3 e 7 a 9). Tudo é uma questão de livre escolha de 2 caminhos (Mateus 7:13 e 14). E o Rio de Janeiro, através do mandatário escolhido pelo povo, fez a pior escolha de todas! As conseqüências não poderiam deixar de ser  as mais desgraçadas, infelizmente!
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário