sábado, 19 de dezembro de 2009

OS MODERNOS PROFETAS DE BAAL

MINHA RESPOSTA AOS PROFETEIROS


        Sérgio Aparecido Dias





Estava eu tranquilamente participando das discussões em um blog apologético, dando as minhas cacetadas virtuais nos “ungidos”, “bispos”, “apóstolos” e “profetas” do Neo-pentecostalismo, quando fui violentamente aparteado por um defensor, o Sr. Messias.
Usando termos impróprios para um fórum de discussões, esse senhor utilizou letras enormes, garrafais, todas em maiúsculas, como se isso fortalecesse a sua arenga. Então, do alto da minha dignidade, dei-lhe também algumas merecidas chibatadas. Os meus argumentos seguem abaixo.
“Ô Meu caro Messias, não use letras totalmente maiúsculas em seus comentários, pois isso significa que você está gritando, certo? E não queremos que ninguém grite conosco, porque não temos medo de gritos, está bem? Numa democracia, todos têm o legítimo direito de discordar e apresentar as suas objeções. Se alguém apresentar argumentos bíblicos, o certo é ser contestado também com argumentos bíblicos. E quanto ao crescimento de igrejas e movimentos, isso não prova a sua autenticidade. O catolicismo romano é um movimento de abrangência mundial, tendo até uma sede reconhecida como um Estado, o Estado do Vaticano. Nem por isso deixa de ser o centro da idolatria, da mariolatria e da papolatria, trazendo nas mãos o cálice cheio do sangue dos mártires da "santa" inquisição. A "igreja dos santos dos últimos dias", que é a "igreja" dos mórmons, é um dos maiores movimentos dos Estados Unidos e da Europa, e cresce muito aqui na América do Sul, inclusive no Brasil. E é um movimento herético, que não crê na divindade de Cristo! Os muçulmanos são a maioria religiosa em grande parte do mundo, bem como o budismo e as religiões indianas. Será que eles têm o aval de Deus para poderem crescer tanto assim? E quanto aos chineses? São a maior população do planeta, e a maioria absoluta segue o Taoísmo. Seria o taoísmo abençoado por Deus porque enche os seus templos com milhares de fiéis? Na África,no Tahiti e nos demais países e ilhas do Pacífico, o que predomina é a magia negra, o vodú e a macumba. E em todos esses movimentos e religiões existe a prática do exorcismo e das curas "divinas". E também as "línguas" faladas em estado de êxtase, com as mesmas palavras desconexas, tipo: "astúrias", "sirimicantas","uriandas nérias", "balabalabala", "hurricantalamásss", "telamanxúria", “santalamaia”,  etc. Será que esses "sinais" e "milagres" atestam a sua veracidade? O que eu vejo é que onde o evangelho é pregado sem o uso de "lenços ungidos", "retratos ungidos", rezas escritas e queimadas em "fogueiras de Israel", "água do rio Jordão", "rosa consagrada","sal grosso","arruda", "campanhas de prosperidade" "unção dos sete óleos" e outras feitiçarias, é que o número de fiéis é bem menor. Mas é composto de crentes que não se deixam enganar pelas heresias e não se encantam com os "cantos proféticos", "determinações", "paletós derrubadores de crentes", "sopro divino" e outras imbecilidades neopentecostais.
Também não se iludem com os berros de "recebaaaaaa!" e não temem as pragas e "atos proféticos" de excomunhão da turma da "quebra de maldições" e das "sessões do descarrego"! Para os tais, nós reservamos um "banho de Bíblia" e um "descarrego doutrinário", para que criem vergonha e aprendam a não ultrapassarem "aquilo que está escrito", e a abandonarem as visões mentirosas e as profetadas de pseudos "bispos", "bispas", "apóstolos" e "apóstolas". Aliás, teve até uma “apóstola”, cujo nome diz que vale por mil homens, que “profetizou” a vinda de Cristo para um sábado de 2007. Bom, se ele veio, o Jornal Nacional não noticiou! Mas o mundo Neo-pentecostal ainda continua confiando em suas “profetadas”! Por isso, e por muito mais besteiras “gospel”, meu caro, continuaremos a combater e a contestar biblicamente. Portanto, deixe de choramingar e reclamar! E pare de gritar, que eu não sou surdo!!!”
Na verdade, as bizarrices “gospel” são inúmeras e em tamanha quantidade, que se torna impossível registrá-las todas e catalogá-las. Seria necessário uma enciclopédia para isso!  Desde as famosas “rosas de Sarom” até punhados de terra do “santo sepulcro”, passando pelas azeitonas do Monte das Oliveiras e fragmentos do Muro das Lamentações, o arsenal da superstição e da feitiçaria “gospel” é inesgotável! Isso tudo sem contar com as “importações” grosseiras do Judaísmo, com suas festas, páscoa, tabernáculos, ano sabático, pentecostes, e outros penduricalhos legalistas e caducos da antiga lei mosaica. De mistura com esta apostasia, ainda englobam as festas católicas, especialmente as juninas, às quais apelidaram de “jesuínas”. Certamente que a próxima apostasia será importar e “santificar” a festa do Halloween!
Para financiar todas essas festas, aí estão os “profeteiros” da prosperidade e seus “anjos financeiros”.  O Morris Cerullo garante carradas de bênçãos a quem enviar       R$ 900,00 para o programa Vitória Em Cristo, do Silas Malafaia. Tais pessoas receberão a “Bíblia da Batalha Espiritual e Vitória Financeira” e terão certeza de grandes conquistas financeiras para o próximo ano. É Deus sendo chamado de idiota, fazendo um negócio de puro prejuízo, sem nenhum retorno positivo. Sim, pois, se tais pessoas não forem “abençoadas” com um retorno multiplicado de seus “investimentos de fé”, rasgarão suas Bíblias e trocarão Deus por outro “deus”, melhor e mais generoso!
O Edir Macedo diz que, se Deus não atender suas orações e não multiplicar o retorno das ofertas da “fogueira santa de Israel”, ele joga fora a sua Bíblia e não considera mais Deus como Deus. Ora essa, pois ele pode até utilizar toda a sua coleção de Bíblias como supositório, que Deus continuará sendo Deus!!! Deus não atende a nossa agenda e nem se deixa dominar por nenhum desses “bispentos” caras de pau, ou por algum desses tais “apóstolos” de meia tigela que estão por aí!
Devemos declarar guerra aberta contra esses “profeteiros” , que se arvoram em profetas de Deus, mas na realidade são profetas de Baal. Estão a serviço de um “deus” sim, é claro, mas se trata de Mamon, o “deus” do dinheiro e das tais “vitórias financeiras”.  Roubam, tosquiam e esfolam as suas ovelhas, não as alimentam com a Palavra e nem com as águas de descanso, mas lhes devoram as carnes e lhes dilapidam o patrimônio. 
Sugam delas até o último centavo, exploram a sua credulidade além de todos os limites possíveis e lhes exigem os mais humilhantes sacrifícios. E o maior de todos os sacrifícios é a imolação da inteligência, nos altares da superstição e da mais aviltante bruxaria e feitiçaria da triste História da Igreja de nossos dias. Mas graças a Deus que a sua noiva, a verdadeira Igreja, não participa desse carnaval diabólico dos últimos tempos.  Desde antes do estabelecimento do Catolicismo Romano e do Papado, homens e mulheres de Deus abandonaram a “igreja” apóstata, que se transformou na prostituta e Grande Babilônia. Séculos antes de Lutero, bandos de peregrinos e retirantes da fé tornaram-se proscritos, escondendo-se em cavernas, cemitérios, florestas e antros da terra. Até serem presos, julgados e mortos bárbara e cruelmente.  A eles devemos nos unir, e não nos acomodar com esse falso “cristianismo” e falso protestantismo de hoje em dia. Ainda que isso nos custe o fechamento de nossos templos, o confisco de nossos bens e as nossas sentenças de morte. Não sou profeta, nem discípulo de profeta, nem boieiro e nem colhedor de sicômoros. Mas creio estarmos no limite máximo de nossa existência como cidadãos livres. Brevemente, só nos restará o exílio nas montanhas, nas imensidões das florestas e nos antros da terra. Até sermos presos, julgados e mortos. É a única coroa que desejo receber nesse mundo: a coroa do martírio!      

Nenhum comentário:

Postar um comentário

HOMENAGEM AOS PAIS E SUAS PROFISSÕES

HOMENAGEM AOS PAIS E SUAS PROFISSÕES Pr. Sérgio Aparecido Dias - Meu pai é MECÂNICO. O mecânico conserta as coisas e as faz funcionar de no...