segunda-feira, 9 de novembro de 2009

TÔCO CRÚ PEGANDO FOGO


Crônica de: SÉRGIO APARECIDO DIAS

( ... e de quem mais poderia ser?!? )


            E o IBAMA, minha gente, cadê hein??? Estou assistindo na televisão- quase todos os dias – queimadas e mais queimadas, contrabando e mais contrabando de madeiras de lei, crimes e mais crimes ambientais, e ninguém sabe de nada, ninguém viu nada!?!  Caminhões lotados “até o talo” transitam livremente pelo estado do Pará e pelo Mato Grosso, transportando toras, pranchões e tábuas de imbuia, maçaranduba, cedro, jacarandá, castanheira, assacú, embaúba (não, não, assacú e embaúba acredito que ainda não) e não existe nenhuma autoridade pra barrar esse vergonhoso assassinato de nossas reservas florestais! Pergunto até quando essa situação caótica vai persistir!!!  Quem terá a coragem de tomar uma medida drástica e verdadeiramente punitiva, que rompa esse círculo vicioso, roubador e corrupto? 

Círculo vicioso, porque já se sabe das rotas utilizadas, das áreas normalmente desmatadas, das empresas madeireiras que financiam esse tipo de comércio criminoso e das serrarias contratadas como intermediadoras (que geralmente são usadas como bois de piranha, bodes expiatórios,testas de ferro, laranjas e essas coisas). Roubador, porque não são pagos os devidos impostos (já que são contrabando), em virtude de ser uma atividade ilegal e ilícita. Corrupto, porque existem agentes florestais e fiscais, até mesmo policiais rodoviários e guardas das fronteiras (e, comprovadamente, agentes do próprio IBAMA) recebendo subornos e propinas para fazerem vistas de mercador (aliás não são vistas, são ouvidos, mas tudo bem, dá na mesma porcaria)!              E as matas ciliares sendo derrubadas......mananciais desaparecendo......áreas de preservação sendo invadidas.....florestas protegidas sendo destruídas........reservas ecológicas sendo  incendiadas.....reservas indígenas transformando-se em garimpos e fazendas de gado.......afinal, isso não acaba nunca???  E de quem  a culpa? Quem será o responsável?  De quem ou qual raio de órgão é a competência para investigar, prender, punir, enforcar, fritar na cadeira elétrica ou atochar supositórios de pimenta nesses caras?

            O mais patético de tudo é que, quando os “peritos” descobrem o ponto exato onde os incêndios começaram e o palito de fósforo que foi utilizado, ou a bagana de cigarro que originou a queimada (certamente usando as mesmas técnicas e a mesma lógica dos arqueólogos, que datam os seus pretensos    achados com milhões e milhões de anos), chegam à brilhantíssima conclusão de que se trata de um incêndio propositalmente provocado! É mesmo, xará?!?  Mas que raciocínio pai d’égua!!!  Nós, simples mortais, jamais iríamos imaginar que alguém causaria um incêndio só pra aumentar a sua área de pastagem ou iniciar uma venda de lotes ou um empreendimento imobiliário na área destruída pelo fogo! Ou mesmo apossar-se de regiões ricas em minérios para depois repartir as riquezas com as multinacionais, rateando assim os lucros advindos de manobras moralmente erradas, porém respaldadas por alguma lei idiota ou qualquer brecha legalista! Em nossa inocência, nem mesmo seríamos capazes de acreditar que latifundiários, empresas do setor imobiliário, grileiros, posseiros e políticos corruptos formariam a linha de frente desses crimes ambientais!

            E  haja tôco cru pegando fogo! E toma fogo no cru! Se fossem galhos secos ou caatinga ressecada, ou mesmo bosques totalmente secos, eu entenderia a possibilidade até de uma combustão espontânea.  Mas acontece que é a Amazônia, é a mata atlântica, são os cerrados, são as chapadas, são regiões escolhidas a dedo por suas potencialidades, não se trata de acidentes naturais e nem de incêndios causados por pessoas brincalhonas ou inocentes invasores que não sabiam o que estavam fazendo.  São, isso sim, pessoas inescrupulosas, que adoram ver o Brasil inteiro pegando fogo no cru! Mas eu ainda aguardo o dia em que as leis sejam feitas por legisladores (e não por politiqueiros), que estejam comprometidos somente com a verdadeira justiça (não com essa que tem os olhos vendados e uma balança ultrapassada), e que zelem pelo nosso meio ambiente. E que queimem pra valer esses incendiários e depredadores do ecossistema. Eles têm muito cru pra queimar, nos bancos, em contas numeradas da Suíça, e em empresas fantasmas aqui no Brasil. É só botar a Polícia Federal em ação pra ver só o que acontece! Garanto que vai correr muita gente graduada e de colarinho branco, soltando a fumaceira pelo cru queimado!

F I M

Nenhum comentário:

Postar um comentário